Como o Google ajuda no tráfego do site?

Como o Google ajuda no tráfego do site?

Como o Google ajuda no tráfego do site?

Site pode servir como a principal ferramenta para acessarem seu conteúdo

Ter o seu produto entre os principais destaques é a vontade de todo site ou influenciador. Para isso, é necessário um bom posicionamento no google.

Mas será mesmo que o site de buscas melhora o tráfego do site ou do canal?

Todas as vezes que uma nova página é publicada na internet, ela é indexada pelo Google. Assim, as pessoas podem procurar por ela. Porém, não depende da empresa em qual posição seu site estará disponível. Mas sim, de você.

Através de relatórios do Google Analytic, você consegue descobrir quantas visitas seu site recebeu. E de onde veio o tráfego do site. Ou seja, como as pessoas chegaram até ele.

Assim, é possível saber onde focar. Mas, sobre a resposta do começo do texto, sim, o Google ajuda no tráfego do site. E muito.

Porém, é necessário um SEO de qualidade para o seu site se destacar nas pesquisas. O SEO – Search Engine Optimization, ele funciona como uma otimização para motores de busca. Nesse caso, há um conjunto de técnicas que influenciam os algoritmos dos buscadores. E são eles que definem a posição na qual o seu site estará presente.

O Google tem a fama de hoje, principalmente pela qualidade e velocidade da sua classificação. E rastreamentoindexação e exibição de resultados são principais processos de retorno de pesquisa.

  • Rastreamento: processo de identificação das páginas para enviar ao índice do buscador. Algoritmos são utilizados para definir a priorização e a frequência de indexação das páginas. O processo começa com a URL gerada a partir de rastreamentos passados.
  • Indexação: cada página é rastreada para serem inclusas no índice do Google. Nesse momento são indexadas informações, como conteúdo da página, data da publicação, região, título, descrição e dados estruturados.
  • Exibição: ao ocorrer uma consulta, uma pesquisa de páginas relacionadas com a consulta é feita no índice do Google. Nisso, são exibidos os resultados mais relevantes, baseados por mais de 200 fatores de ranking.

Fatores de ranqueamento

Como dito acima, existem mais de 200. E, atualmente, eles estão mais personalizados. Um dos motivos para isso são as buscas via mobile, por isso, é fundamental estar atento com as mudanças e estudar para entender tudo aquilo que funciona realmente.

Confira alguns fatores cruciais que ajudam no ranqueamento.

  • Pagerank: métrica que dá uma nota de 0 a 10 para a autoridade de uma página sobre uma palavra-chave. Essa nota é baseada na qualidade e na quantidade de links que a página recebe.
  • Relevância dos links:quanto mais você for referenciado em outras páginas do universo do seu negócio, mais o Google entenderá que o seu conteúdo é valioso. E que merece estar nas primeiras posições.

Isso acontece organicamente. Contudo, é possível adotar uma estratégia de link building. Uma forma de fazer isso é construir relações com blogs de empresas relevantes, mas que fazem parte do seu mercado. Assim, pode haver um troca de links.

  • Conteúdo: conteúdos de qualidade reforçam sua autoridade. Isso ajuda a manter uma audiência fiel. O Google também valoriza um texto bem escrito. Ou seja, montar um conteúdo só para encaixar palavras-chave não funciona tão bem.

tamanho do texto também influencia. Afinal, é preciso prender a atenção do leitor para ele consumir o seu texto até o final e se envolver com ele.

Para isso, foque mais em textos curtos e diretos ao invés de grandes e superficiais.

  • Palavras chave: essas são sempre citadas. Procure estabelecer uma boa e que remeta ao seu texto. Não só isso, é fundamental que ela esteja dentro do seu texto (principalmente entre as 100 primeiras palavras) e no título.

 Fonte: Influu – adaptado por Val mesquita

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *